terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Proteína de soja, ou Carne de soja

Este é o formato a ser usado, em vez do mais comum que parece carne moída.
A proteína depois de hidratada e fatiada.
A proteína fritinha em forma de torresminho, pode parar por aqui se quiser.
Colocando o quiabo
O prato montado, carne de soja com quiabo (usem a dica que ja dei aqui para secar a baba)


Conheço várias pessoas que tem receio com a famosa carne de soja, porém nem sabem que comem a danadina muitas vezes misturada a hamburgueres,lasanhas e outros pratos prontos que prometem fielmente serem de carne.

Essa receita não tem este intuito, de misturar à carne, mas sim uma forma diferente de comer a proteína de soja pura, e não se enganem, fica super saborosa.

Porque escolhi a proteína de soja em vez da carne?

Primeiro porque sou uma carnívora hipócrita (risos!).
Segundo que gosto de experimentar sabores novos.
Terceiro que esta "carne" pode ajudar quem quer reduzir os niveis de colesterol, afinal, este vem da gordura animal.

Preparando a proteína.

Deixar a proteína de soja de molho na agua até hidratar (10 a 15 minutos).
Depois de hidratada, espremer e fatiar.
Numa panela em fogo baixo: colocar uma cebola picada com 2 colheres de oleo, deixar fritar e acrescentar a Soja fatiada com 1/2 colher de sopa de sal, mexer bem, enquanto frita.Colocar 2 colheres de margarina, 1 colher de cafe de coloral/urucum , mexer até ficar bem fritinha.


Essa receita pode parar por ai, e ser servida como um torresminho. Ou ainda dá para coloca-la em molho, sanduiches e etc.

Eu resolvi testar com quiabo, ficou uma delícia! Vale a pena deixar os preconceitos de lado e experimentar.

É bom lembrar que a proteína usada nesta receita é a em formato de cubos grandes, e não a que parece carne moida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário